segunda-feira, 1 de dezembro de 2008


4 comentários:

Marcelo Grillo disse...

Belíssimo final. Me mande essa fonte. Adoro letras das velhas máquinas. Ando enjoado de verdanas, georgias, garamonds. E preciso escrever uma carta. À moda antiga. Bj

alguém que não é legal disse...

Oba! mais textos! tenho que ler com calma, que agora já tá tarde e eu tenho certeza que perderei a hora daqui a pouco, pra ir pro trabalho. Esse último eu li todo. Muito bom!
Depois eu volto pra ler os outros!

bjos

Paixão, M. disse...

ui!! não conhecia esse! ficou tão bonito assim, feito à maquina (?). Adorei mocinha; Quem é G? heheh

Renata Mofatti disse...

Às vezes é preciso mesmo fechar os olhos e fingir que é noite... Noite é solidão e solidão é sempre criativa!!! Bom o designer, o estilo, hein, moça publicitária!!! Bjs